Arquivos para ‘Justiça’ Categoria

Sorte de Lula subiu no telhado

LULA

A sorte de Lula subiu no telhado com a prisão, pela Operação Lava-Jato, do empresário José Carlos Bumlai, que estava pronto em Brasília para proclamar sua inocência diante de senadores e deputados da CPI do BNDES.

Até aqui, de todos os envolvidos com a roubalheira na Petrobras, Bumlai é quem mais aproxima Lula da Lava-Jato. É suspeito de ter-se beneficiado de negócios com a empresa para ajudar uma nora de Lula e pagar dívidas da campanha de Lula à reeleição em 2006…

Share Button

Caminhos para reduzir a corrupção

01.CORRUPÇÃO

A corrupção faz parte da condição humana. Isso não é um álibi, mas uma constatação. Sempre haverá quem, independentemente das circunstâncias, ceda à tentação do crime.

Outro fenômeno é a corrupção sistêmica, na qual o pagamento de propina torna-se regra nas transações entre o público e o privado. Isso não significa que todos são corruptos ou que todas as interações entre agentes privados e públicos envolvam sempre propina…

Share Button

Mais agilidade para combater a corrupção

021.LEISCORRUPÇÃO

O pacote de propostas apresentado em março pelo MPF é importante contribuição nas discussões para romper os gargalos dos ritos processuais que estimulam a impunidade

A atuação do Ministério Público Federal e da Justiça na Operação Lava-Jato tem sido saudada como modelo de correção para passar a limpo o esquema de corrupção montado pelo lulopetismo e aliados, a fim de surrupiar bilhões da Petrobras. É claro, não faltarão contestações da defesa em instâncias superiores…

Share Button

Como reage o povo?: A lei, a falta da lei e a anomia legalizada

PIADA POLITICO017.LAVA JATO

Catta Preta revelou que sofreu ameaças

Oitenta milhões de brasileiros assistiram na noite de quinta-feira (30), por um veículo de comunicação, a uma denúncia traduzida em ameaça de morte. …

Share Button

Combate à corrupção no Brasil é uma piada, segundo procurador

016.CORRUPÇÃO

Para combater a corrupção, precisamos combater a impunidade. O Brasil é um país que vive da impunidade dos criminosos do colarinho branco

O combate à corrupção no Brasil é uma piada, segundo o procurador Dentan Dallagnols, integrante da Operação Lava Jato que apura a roubalheira na Petrobras:

— Uma piada, e uma piada de mau gosto! A pena da corrupção varia de dois a 12 anos de prisão. Parece uma pena alta. Mas a dosimetria de penas no Brasil, tradicionalmente, faz com que fique perto da pena mínima. Essa pena não vai ultrapassar quatro anos. É uma pena que não ultrapassa quatro anos e é executada em regime aberto. Ou seja: a pessoa teria que dormir na casa do albergado. Como não existem casas do albergado, a pessoa fica em casa. Não existe fiscalização. Isso equivale a nada. Uma pena menor que quatro anos é substituída por doações de cestas básicas e prestação de serviços comunitários. Para piorar o cenário, depois de um quarto de cumprimento da pena, ela é extinta por um decreto anual de indulto natalino. O que faz que a corrupção não seja um crime de alto risco. Se você não tem o freio ético, a corrupção vale a pena. Pretendemos que a corrupção seja um crime de alto risco…

Share Button

Príncipe dos Empreiteiros: Perdeu, príncipe

015.ADEBRECHE

Hora de recomeçar.

Chamou-se “O jogo da imitação” o filme sobre a vida do criptoanalista Alan Turing, que desvendou os códigos nazistas durante a Segunda Guerra. O esforço coletivo será menor para desvendar as anotações no iPhone de Marcelo Odebrecht. Elas revelam algumas indicações contundentes e inequívocas de corrupção. Mas trazem muitos enigmas que nos impelem a devendá-los, pelo menos para saber o que, realmente, aconteceu com o Brasil. E, é claro, extrair as consequências…

Share Button

Se não responde sequer pelas contas do seu governo, pelo que responde o presidente da República?

014.DILMATCU

A estar certo Luís Inácio Adams, o advogado-geral da União, o presidente da República não responde por nada – salvo pelas coisas boas, naturalmente.

Ao entregar, ontem, as explicações pedidas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre as contas do governo de 2014, Adams disse com a cara mais limpa do mundo:

– Aprovando ou rejeitando [as contas] não tem base a ideia de um impeachment. Você não cassa um mandado baseado nas contas do governo. A questão que está sendo avaliada aqui não é a conduta individual de cada agente e, particularmente, da presidente. São as contas governamentais. Não cabe responsabilizar Dilma…

Share Button

Justiça aumenta credibilidade ao punir corruptor

013.JUSTIÇA

É assim, com demonstrações da impessoalidade com que o poder público tem de atuar, que o estado democrático de direito fortalece a musculatura

A condenação dos primeiros empreiteiros na Operação Lava-Jato é um marco. Assim, quebra-se uma longa tradição brasileira — pelo menos até onde vai a memória — de corruptores escaparem da Justiça.

O veredicto condenatório por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa, lavrado pelo juiz Sérgio Moro, pune com penas de nove anos e meio e 15 anos e dez meses Dalton Avancini, Eduardo Leite e João Ricardo Auler, presidente, vice-presidente e presidente do conselho de administração, já fora dos cargos, da Camargo Corrêa. Esta, uma das empreiteiras de grande porte envolvidas no esquema lulopetista de corrupção montado na Petrobras, o petrolão…

Share Button

Política: Janot prepara fornada de denúncias contra políticos

011.RENAN CUNHA

Eduardo Cunha e Renan Calheiros estão na mira dos investigadores

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, prepara uma fornada de denúncias contra políticos que respondem a inquérito sobre a Operação Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal).

De acordo com um dos membros da equipe de investigadores, o objetivo é fazer as denúncias antes do término do atual mandato de Janot, que acontecerá em meados de setembro…

No início de agosto, será encaminhada à presidente da República a lista tríplice com os mais votados pela categoria para o cargo de procurador-geral. Apesar de haver oposição a Janot no Ministério Público Federal, ele deverá ser o nome mais votado…

Share Button

MPDFT investiga irregularidades em eventos organizados pelas Administrações Regionais

008.FRAUDE SHOWS

O Ministério Público do Distrito Federal e Território instaurou inquérito civil público para apurar possíveis irregularidades em eventos realizados pela Secretaria de Estado de Cultura e pelas Administrações Regionais do DF. A iniciativa foi publicada hoje no Diário Oficial da União na Portaria nº 162, de 18 de junho de 2015.

A medida foi adotada com base no Relatório de Auditoria Especial nº 05/2014, da Controladoria Geral do DF, que concluiu que os atos de gestão das contratações de artistas para shows e eventos culturais pela Secretaria de Cultura e pelas Administrações Regionais do DF fora realizados com diversas irregularidades…

Share Button
Powered by WordPress | Free Premium Free WordPress Themes with Plans | Thanks to WordPress 4 Themes, Free WordPress Themes and WordPress Themes Free